O caso Uniban

vitrine uniban

Olá leitores, nos ultimos dias os veiculos de noticias tem exibido repetidamente os detalhes de um factoide que está gerando muitos comentarios por todos : O caso UniBan.

Eu acho dificil de acreditar que alguem ainda não saiba o que aconteceu na Uniban, mas eu vou arriscar. Tudo começou quando a estudante do curso de Turismo Geisy Arruda decidiu, em um belo dia de sol¹, ir para a aula em um pequeno vestido cor de rosa. O minivestido mostrava uma grande parte de suas pernas e incitou grande revolta em todos os 700 alunos presentes no momento. Geisy foi alvo de violencia verbal, e por muito pouco não foi agredida fisicamente. A estudante foi escoltada por seguranças e professores para fora da instituição usando um jaleco branco.

Nesta ultima semana foi anunciada pela Uniban a expulsão da aluna, que foi acusada de desrespeitar os principios etnicos, a dignidade academica e a  moralidade. Pressionada pelo MEC, a uniban readmitiu a estudante, que volta a estudar na proxima semana.

Bem, após presenciar estes eventos eu me dei conta de que eu assisti um dos maiores erros de administração de situações de crise da historia brasileira. Em primeiro lugar, é normal estudantes vestirem o que bem entender para irem as aulas na faculdade, ja que estas instituições liberam esta pratica na confiança do bom-senso dos alunos em relação ao seu guarda-roupa. No caso da Uniban, mesmo que a estudante estivesse quebrando alguma norma do regimento institucional ela deveria ter sido alertada sobre sua conduta assim que algum funcionario da universidade a visse. Isto não aconteceu na hora em que ela chegou a aula e em nenhum outro momento de seu periodo como estudante na Uniban. O acessor juridico da Uniban Décio Lecioni Machado afirmou que a estudante ja vinha exibindo comportamento inadequado há “tempos”. Mas se a aluna ja havia mostrado transgressão as regras da Unibam anteriormento, por que ela não foi punida ? por que deixar que a situação chegasse ao ponto em que chegou ?

Eu realmente não entendi a lógica utilizada pela Uniban para a expulsão da Aluna: Ela quase foi linchada por uma turba de alunos e professores enfurecidos por um simples vestido rosa e ela foi expulsa por isso ?

Eu já presenciei pessoalmente alunas oriundas de varias universidades diferentes, publicas e privadas, exibirem trajes que fariam a minha sunga de práia parecer um lençol de casal e nunca houveram problema por isso. Os alunos destas universidades, tanto os homens quanto as mulheres, mostraram que tem maturidade suficiente para aceitar o modo do colega ao lado de se vestir, falar, agir etc.

E mesmo quando estes se sentiram agredidos de alguma forma, foram adultos o suficiente para resolver a situação no diálogo e sem que nenhuma das partes saisse insatisfeita.

Quem saiu mais prejudicado em toda esta historia foram os alunos sérios da Uniban, ja que o nome da instituição ficou (acho que de modo irreversivel) marcado como simbolo de ignorancia e intolerancia.

Bem, enquanto a direção da Uniban cria alvoroço, eu vou me preparar para o meu jantar, que é imensamente mais importante que a pirraça infantil que a “prestigiada instituição de ensino” criou.

Vida Longa e Próspera!

PS : Graças ao teclado do meu netbook, que é em inglês, estão faltando alguns acentos. Eu não pude corrigi-los por que o Office que veio instalado também é em inglês. Vou ter que esperar até comprar um teclado Usb ou conseguir uma versão em português do Office.

 

Anúncios

Uma resposta to “O caso Uniban”

  1. Sentimental Says:

    já ouvi por aí que o objetivo da garota foi alcançado, sinceramente não sei, já que se era isso q ela realmente queria, deveria ter ido pelada pra faculdade antes, ou até mesmo corrido pelos corredores de uma igreja católica durante uma missa de domingo, enfim…

    acho mesmo que houve omissão da faculdade, em vários aspectos, e não me surpreendi com a expulsão da moça, muito pelo contrário – como diz meu pai – eu havia cantado essa bola logo nos primeiros dias, pq Brasil é assim, pune-se a ‘vítima’ e não o agressor.

    até, bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: