Seu Madruga adverte …

3 de abril de 2011

Mentiras, novidades e a (segunda) volta.

3 de abril de 2011

Olá Criançada, como vão vocês ? Lembram dos meus ultimos posts, aonde eu estava animado e excitado em voltar a escrever para vocês ? Como vocês puderam ver, eu menti. Na verdade, eu não considero muito como uma mentira, e sim uma promessa quebrada. Quando eu escrevi o post, estava realmente animado em voltar a escrever e expressar as coisas que passam dentro da minha mente insana, mas como o fogo de um casamento de 60 anos de idade, a minha vontade foi se apagando até minguar completamente.

Não que eu não goste de escrever para vocês, mas a falta de um computador próprio e de tempo para poder escrever algo realmente útil e interessante falaram mais alto.

 

Muitas coisa aconteceram neste inicio de 2011, que até agora está sendo o ano mais agitado da minha vida (não que a minha vida tenha sido muito agitada até agora). Vejamos o que aconteceu :

  • Entrei em uma faculdade
  • Sai de uma faculdade
  • Vou entrar em outra faculdade
  • Comecei a trabalhar vendendo produtos Full Time no Mercado Livre
  • Inexplicavelmente, consegui uma namorada e mais inexplicavelmente ainda, ela não fugiu até agora.
  • Comprei um Laptop novo, um Dell Inspiron 15r, e eu posso até fazer um review dele caso vocês queiram que eu faça.

Ok,  eu concordo que não é muuuito agitado, mas para um pequeno nerd com uma vida relativamente monótona, isso é alguma coisa. De qualquer forma, eu vivo as coisas muito intensamente, mesmo as pequenas que muita gente nem dá importancia, e isso faz com que até uma ida ao supermercado para comprar um pacote de pãezinhos italianos (hum …🙂 ) se torne uma aventura interessante.

Alem deste post ser um pedido público de desculpa, é também um aviso de que o meu entusiasmo para voltar a escrever novamente está voltando, muito provavelmente graças ao meu Notebook novo que é muito confortavel para digitar e ao incentivo de alguns e-mails que eu recebi. Pra finalizar, fica um abração pra quem ainda lê alguma das coisas antigas que eu postei a uns 2 anos atras, lendo os meus posts mais antigos eu me dei conta do quanto eu escrevia mal. Paciência.

Vida Longa e próspera meninada!

A Internet está nos deixando mais rasos ?

3 de fevereiro de 2011

Sabem leitores, eu sou um viciado em tecnologia. Todos os meus amigos e parentes próximos conhecem a minha adicção e eu já sofri sérias criticas em relação a isto. Praticamente em todas as minhas fotos em família nos últimos anos eu estou ao lado de um gadget qualquer, seja um laptop ou iPod. Eles estão sempre lá.

Eu sei que todo vicio costuma ser ter mais aspectos negativos que positivos, mas acho que não é este caso. Com a internet eu tenho acesso a uma quantidade de informações tão grande que os meus olhos brilham com a possibilidade de saber um pouco sobre tudo, e ficar totalmente sincronizado em tempo real com o que acontece no mundo inteiro. Acho que posso dizer que sou mais viciado em informação do que a internet propriamente dita.

Lendo um post do Gizmodo que falava sobre como a internet está reprogramando os nossos cérebros, me veio a duvida de quanto o meu cérebro havia sido modificado ao longo dos anos usando a internet diariamente. Eu sempre, desde criança, fui viciado em informações. Era um rato de biblioteca (expressão velha não?).

Sim, este é o seu cerebro

 

Mas foi depois que eu comecei a usar e abusar da world wide web que eu notei certas mudanças de comportamento e percepção da realidade. Quando eram apenas os livros, eu costumava absorver um assunto complexo com mais facilidade, e não tinha a ânsia por ficar sempre atrás da nova informação que havia acabado de pipocar nos sites e fóruns da vida. A internet me deixou ansioso e desfocado com o passar do tempo.

E isto não acontece comigo apenas. Inclusive, acho provável que você que esteja lendo isso sofra do mesmo problema (eu conheço bem o meu público).

O que acontece então Pedro ?

Os nossos cérebros absorvem informações de duas maneiras diferentes. Temos a memória a curto prazo, e a memora a longo prazo. A memória curto prazo é volátil e bastante limitada, é nela que processamos os dados que iremos usar nos momentos curtos, como lembrar de um numero de telefone que acabamos de aprender, para fazer uma chamada logo em seguida. Já a memória longo prazo, é própria para absorver uma quantidade gigantesca de informação. Ela é necessária por servir de ponto de referencia para tudo que nós aprendemos, afinal, tudo o que você vê te remete a alguma lembrança anterior. entendeu ?

Com a internet, o conteúdo é muito mais curto e rápido, e temos uma facilidade gigantesca de achar informação a um clique de distancia. Somos expostos a tantos dados diferentes, que ocorre uma sobrecarga cognitiva na memória de curto prazo, fazendo com que ela fique indisponível para filtrar o conteúdo e armazená-lo na memória de longo prazo. E é por isso que internet está deixando as pessoas mais rasas e com dificuldade de se concentrar nas coisas.

Então Pedro, eu devo largar a internet e virar hippie ?

Não, hippies geralmente são vagabundos inúteis, mas largar um pouco a internet e se focar em outras coisas é uma boa. Comece a treinar o seu cérebro diariamente, leia livros longos, converse mais com as pessoas. Faça exercícios físicos (sim, seu nerd gordo, estou falando com você), já foi comprovado que eles melhoram nossas habilidades cognitivas e nos deixam mais atento.

Pra terminar este post, gostaria de ressaltar que eu sou um estudante sistemas de informação (é tão bom falar isto🙂 ) e não um neurologista, então não me venham nos comentários pedindo para eu elaborar receitas de como se concentrar melhor ok ?

Eu usei como fonte principal, um artigo do gizmodo que é bem completo e explicativo, então LEIA!.

Se você que está lendo, acha que tem dificuldade de se concentrar ou algo do gênero, deixe um comentário. É legal que as pessoas  que tem uma mesma dificuldade se unam em busca de ajuda. Comentem aí garotos!

Faculdade, lá vamos nós …

3 de fevereiro de 2011

 

Ontem a noite, eu tive a minha primeira aula na faculdade. Já fazem 24h desde que eu deixei de ser um vagabundo imprestável que consome recursos da família e passei a ser um vagabundo imprestável que consome os recursos da família e tem algum futuro pela frente e provavelmente vai dar algum retorno após 4 anos de estudo.

Uma das coisas que mudaram nas ultimas 24 foi a minha noção de responsabilidade. Eu ja sabia bem como era o esquema de faculdade, aonde ninguém vai ficar fiscalizando o seu notebook para ver se você fez a tarefinha de casa. Ou seja, é você e você mesmo malandro, nada de bundalêlê nas aulas, pois o conteúdo que perdido nem sempre é facilmente conquistado. Fora que você fica com fama de imbecil entre os professores. Mas estou divagando, é bom voltar ao post e contar como foi este dia.

Eu passei em segundo lugar no curso (sistemas de informação na UneSul), mas isto não impediu que a minha falta de responsabilidade de déficit de atenção me comessem por trás, fazendo com que eu me esquecesse do dia da matricula. Milagrosamente, minha mãe conseguiu (deus a abençoe por isto!) que eu fizesse a matricula ontem, no ultimo dia da segunda chamada (e  na ultima hora, literalmente).

Fomos para a faculdade por volta de umas 6 da tarde, fizemos a matricula e eu decidi que ficaria para assistir a aula, que tinha começado na segunda. Acho bom contar o modo como eu estava vestido:

  • Uma camisa rosa até bem cuidada pelo numero de vezes que eu uso ela.
  • Um Short branco meio escandaloso com um coqueiro desenhado do lado.
  • Chinelos.
  • Mais nada.

Isso não faria a diferença na maioria das faculdades brasileiras, mas nessa fez. No decorrer da segunda aula, fui educadamente pedido para me retirar por que estava usando trajes “inadequados” para um estudante de ensino superior.  WTF!!

Se a diretoria da universidade tivesse ido à UNEB, UFV e UFMG, veria que os alunos se vestem como bem entendem, e o que importa é o empenho deles nas aulas e o que eles trazem de bom para a instituição. Impedir que os alunos usem chinelos, camisas regata e roupas mais largadas inclusive é algo que desestimula os alunos a freqüentarem  UneSul, pois existem varias outras faculdades por perto menos rígidas e mais acessíveis. Administrativamente, é uma decisão burra.

Mas esta é só a minha opinião.


Tirando este único atrito que eu tive no primeiro dia, não teve nada mais de ruim. A faculdade tem um bom campus, vasto e limpo. Os funcionários são simpáticos, mas não tanto quanto os professores. Alunas bonitas, na sua maioria, caras gente-fina. Ainda não conheço a faculdade o suficiente para dar uma nota de 0 a 10, mas se continuar neste ritmo a nota vai ser alta.

Só pra terminar a historia, quando eu fui expulso da sala, fui para a biblioteca do campus para pegar uns livros. Conheci duas gurias simpaticíssimas que me fizeram entrar na sala de advocacia de primeiro período para assistir uma aula com elas. Após a aula, elas me deram carona pra casa e fim de historia.

Hoje é o meu segundo dia, e eu estou animado pra saber como vai ser. E você leitor, tem alguma historia de faculdade ? algum mico ? algum professor carrasco ? deixe a sua historia aí nos comentários beleza ?

 

 

Recadex

27 de janeiro de 2011

(pra quem está nervoso com a falta de posts .. Olhe! Um gatinho!)

Olá leitores, desculpem-me por ficar os últimos dias sem postar nada, mas eu tive bons motivos pra ficar longe do blog e este post é exatamente pra explicar tudo.

Eu estava na fazenda da minha família, em minas, quando eu escrevi o ultimo post, curtindo o que provavelmente foram as ultimas ferias da minha vida, e escrevendo confortavelmente num notebook. Aconteceu que eu precisei voltar pra minha cidade mais cedo do que imaginava, pra fazer uma prova de vestibular. Eu vim pra minha cidade carregando uma mala gigantesca, duas sacolas de badulaques e um violão (que eu ganhei de Natal). E sem computador.

Os únicos objetos eletrônicos que eu trouxe foram os meus iPods, sendo que eu estou escrevendo este post em um deles agora, e o meu celular.

Eu tinha varias idéias interessantíssimas que poderiam virar posts, mas infelizmente a falta de um aparelho adequado para. A escrita me impede de escreve-los.

Só queria deixar vocês ligados do que aconteceu mesmo, assim que eu puser as mãos em um computador decente eu vou voltar a escrever posts legais e engraçados. Se quiserem falar comigo ou bater um papo sossegado, sigam o meu Twitter : @pedronogueira

Comp eu tenho que digitar menos, estou ativo lá no momento.

PS: Decidi que vou abrir uma empresa este ano, então podem esperar por posts sobre empreendorismo

Lidando com Dinheiro

17 de janeiro de 2011

Alguns dizem que o mundo é totalmente movido a dinheiro. Esta afirmação não está totalmente correta, mas também não está incorreta. O dinheiro realmente uma das maiores invenções da humanidade e permitiu que as pessoas pudessem negociar todos os tipos de conhecimentos, bens e idéias pelo preço que achavam justo.  Antes da existência do dinheiro, todas as negociações eram feitas pelo método da permuta, imagine o numero de problemas advindos deste método de comercio, por causa da discordância dos valores das coisas ou pela dificuldade de se trocar objetos muito grandes. Antes da invenção da moeda, o comercio era um desafio logístico.

Sabem o que é realmente intrigante? Os historiadores descobriram que a 100.000 anos atrás, o ser humano já utilizava formas primitivas de moedas, e que as primeiras moedas no formato em que conhecemos, redondas e metálicas, datam do ano 640 antes de cristo. O ser humano, durante milhares de anos agregou valor a estes pequenos pedaços de couro, ou metal, e com esta invenção simples moldou a sociedade como a conhecemos hoje.

E até hoje, a grande maioria das pessoas não sabe lidar com o dinheiro.

É algo comum e trivial ouvir noticias de que fulano faliu, ou uma fulana qualquer está endividada até o pescoço. Ou ainda ver casais que não tem a menor condição se sustentar num padrão de vida confortável ter um filho. Se eles já não se sustentavam direito, imagine agora com mais uma boca na casa?

O fato é que, ao menos no Brasil, o estudo do dinheiro, e de como funciona o mercado, não é incentivado pelos grandes órgãos, como o governo, ou grandes corporações que empregam milhares de pessoas e que tem o potencial de ensiná-las a lidar com os seus bens de maneira responsável. Mesmo os nossos pais, não compreendem a fundo a importância de se ensinar a nós filhos o valor do dinheiro. Como já dizia a minha querida mãe, conhecimento é poder, e em relação a algo tão vital como o dinheiro, qualquer naco de conhecimento pode mudar a vida de uma pessoa.

Usar uma planilha de planejamento mensal para saber o quanto se gasta em um mês, ou mesmo reinvestir parte do salário em  algo que vá gerar renda posteriormente são duas ações simples, mas que podem mudar o futuro de uma pessoa. Uma pessoa que tem consciência do próprio dinheiro sabe como ele vem e como ele vai de seu bolso. Se ela aliar este conhecimento a algum outro que a faça ganhar dinheiro, ela pode aplicar parte do seu salário nele e retirar mais do que ela colocou de inicio. Isto se chama lucro. Fácil não?

O que me fez escrever este post, foi um documentário de uma canal a cabo falando sobre o Bill Gates (se você não o conhece, não deveria estar lendo este blog) e a Microsoft. Ele começou como um nerd que programava maquinas de teletipo e com alguns conhecimentos sobre as leis e sobre dinheiro, ele conseguiu manter o posto de homem mais rico do mundo durante 13 anos. No momento em que o documentário foi filmado, Bill Gates havia acabado de doar 24 Bilhões de dólares para a sua fundação de caridade, a Bill & Melinda Gates Foundation.

O que difere o Sr.Gates de você que está sentado em frente ao computador lendo este texto (provavelmente usando o sistema operacional que ele criou) ? Conhecimento. O Conhecimento liberta, muda, gera revoluções, quebra paradigmas. E com o dinheiro ele não é diferente. É um fato que quanto mais você estudar sobre um assunto, mais potencial você terá de usar as suas idéias para criar coisas novas, ou mesmo mudar o cenário atual do seu objeto de estudo.

Se você chegou a esta página é porque você provavelmente já tem algum desejo de aprender mais como funciona o dinheiro, e se apareceu aqui sem este intento, espero que tenha conseguido despertar um pouco de curiosidade em você. Eu não vou revelar nenhuma formula para o sucesso, até por que se ela existisse eu não estaria escrevendo este post e sim em Cancun com uma morena maravilhosa fazendo massagem tailandesa nas minhas costas.

O objetivo deste post é fazer vocês se tocarem de que estudar dinheiro, economia, se aprimorar financeiramente não é algo destinado aos que já estão ricos (como muitos pensam), ou aqueles que passam 4 anos fazendo uma faculdade de economia, mas sim para qualquer um que queira. Não é difícil, é só querer procurar e ter a curiosidade, as informações irão surgir como num passe de mágica.

Este não será o ultimo post falando sobre dinheiro, e como ganha-lo, ao escrever eu percebi que existem centenas de assuntos que eu posso abordar que são relevantes para vocês leitores. Se gostarem deste post, comentem, o assunto dinheiro é algo muito bom para gerar conversas, e tenho certeza que 10 entre 10 pessoas se interessam pelo assunto.

Vida longa e próspera a todos.

 

A Volta Para Casa

17 de janeiro de 2011

Olá leitores, se é que existem, lembram de mim ? sim, sou o cara que costumava escrever neste blog  a alguns anos atras, mais precisamente, no ano de 2008, quando o meu desejo de vida era me tornar um blogger profissional e viver das besteiras que eu escrevia. De lá para cá muitas coisas mudaram, minhas metas e os meus sonhos se tornaram outros, e eu acabei me desligando do blog.

Alias, eu queria comentar com vocês que ao escrever isto me veio a mente o fato de que uma das melhores habilidades do ser humano é a sua capacidade de evoluir e procurar novos horizontes. Quando eu comecei este blog, a minha mentalidade era a de ser um blogueiro profissional e ganhar rios de dinheiro, assim como muitos outros blogueiros que eu admirava, como o Jovem Nerd e o Izzy Nobre (c0nhecido com Kid). O que acontece é que eu estava focado primariamente em ganhar dinheiro e ser conhecido, o que a grande maioria dos aspirantes a blogueiro quer fazer.

Este é o velho desejo humano da fama, poder e dinheiro se manifestando. Eu confesso que tenho a carne fraca para essas 3 coisas, e quando eu vi que tinha gente ganhando isso de uma maneira relativamente facil, eu pensei

“caralius brother! eu não posso ficar fora dessa pô”

trecho retirado de uma conversa do msn da epoca. Sério mesmo🙂

Engano meu. Eu segui a onda dos milhares de adolescentes retardados que se esforçavam para ganhar uns centavinhos no Ad-Sense e virar figurinhas famosas na comunidade blogueira e acabei não percebendo o que torna os blogs das pessoas que eu gosto de ler e respeito tão bons e divertido : Paixão e dedicação (nessa hora, imagine um violino tocando uma musica melosa e dramatica, sério mesmo, combina com a cena🙂 )

Eles não estavam alí para ganhar uma grana violenta ou para sairem nas colunas dos jornais e grandes portais como web-celebrities, ao menos não foi o intuito deles quando iniciaram seus blogs/sites/podcasts. O que fez com que estas pessoas se tornassem reconhecidas foi a qualidade do trabalho delas, que é uma consequencia da paixão com que eles fazem ele.

Eu ja tinha chegado a essa conclusão ha um bom tempo, e por isso decidi que não havia razão para voltar a escrever no blog. Falei a mim mesmo que só escreveria se tivesse uma razão realmente boa para voltar.

E essa razão chegou.

Lendo o blog do querido Izzy Nobre (leiam o blog dele, ele é divertidissimo), num post recente aonde ele comentava os posts que ele fazia nos tempos em que ele ainda não era um homem que trabalhava e morava com sua quase esposa becca, e sim um nerd viciado em videogames recem chegado no Canadá. Ele comentou que a evolução da mentalidade dele nesses anos foi notavel, e que o fato dele escrever tudo que passava na vida dele ajudou bastante para que ele visse isso. Aí, ao ler isso, eu falei pra mim mesmo que tinha chegado a hora de voltar a escrever, afinal, alem de gostar de me expressar, o blog vai ser o meu diario público (dah!) no qual eu vou ler os meus devaneios de anos atrás e poder ver o quanto eu piorei ou evolui.

Bem, acho que nada melhor pra uma volta do que um post gigante, mas acho que valeu a pena e eu consegui expressar o meu ponto.

Comentem se acham que o meu motivo é valido ou não, vai ser bom ter o feedback de vocês leitores, porque, sem vocês para discutirem comigo, sou só um velho caduco falando sozinho para o alto.

Vida Longa e próspera para todos🙂

Resenha : Earphone JBL Reference 200

4 de maio de 2010

Olá queridos leitores, cá estou eu novamente, desta vez para fazer um a resenha do fone de ouvido in-ear JBL Reference 220. Ele chegou agora a pouco e eu fiquei tão satisfeito com a peça que decidi fazer uma resenha aonde eu vou mostrar os pontos bons e ruins desta belezinha. Então, vamos lá ?

A Embalagem.

Eu estou acostumado a comprar fones de ouvido pela internet, e eu sempre noto que os vendedores dificilmente mandam a embalagem do produto, que normalmente vem em blister de plastico. Tirando alguns fones mais caros que eu tenho, custando acima de R$ 200,00, todos os outros vieram em embalagens tosquinhas. Mas eu tive uma surpresa com o Reference 220, ele não só veio em uma embalagem, como veio em uma embalagem bonita, resistente e bem interessante. A parte frontal da embalagem abre como se fosse portinha, mostrando assim as características do fone escritas em oito idiomas diferentes, entre eles o inglês e o espanhol. Ponto pra Jbl, que fez uma embalagem bonita e resistente e para o vendedor, que teve a atitude de envia-la. Na embalagem, vieram um manual do usuário com especificações, modo de uso e outras informações gerais, a nota de garantia de um ano da fabricante, um pacotinho com 3 ponteiras nos tamanhos P, M e G e um par de suporte de orelhas para corrida.

Agora vamos ao que interessa, o som!

O Fone.


Abri a embalagem, desenrolei o fone, coloquei as ponteiras tamanho M, pluguei o fone no meu iPod nano e dei play. A primeira coisa que eu notei no fone foi que as ponteiras de silicone realmente isolam os seus ouvidos do barulho exterior. A segunda coisa que notei foi que o som do fone era bem agradável e um pouco puxado pros medios e agudos. Ele me lembrou o Creative EP-630 em algumas musicas. Até aí nada muito surpreendente, mas foi só colocar o equalizador do iPod em “eletronic” que o fone mostrou o seu verdadeiro potencial. As frequências graves, que ficaram tímidas de inicio apareceram e o fone ficou balanceado. Mostrando frequências agudas e médias com um ótimo nível de detalhes. Já as graves apareceram e não fizeram feio. Ficaram bem balanceados com o resto do som, não ficaram abaixo nem acima das outras frequências, ficaram do jeito ideal.

O fone entrou bem no meu ouvido, acho que o mais confortável que eu já usei na vida. As ponteiras de silicone realmente vedam a grande maioria dos ruídos externos. Isso é bom para tirar quem é viciado em musica – como eu – de uma surdez grave, já que não é necessário aumentar o volume para competir com o exterior e você escuta todos os detalhes da musica. Ponto pra JBL.

Alem do conforto, outro destaque do JBL Reference 220 é o seu fio, que é feito de um material entrelaçado que lembra uma corda, e é bem confortável de se usar. Eu que costumo usar os fones ao redor do pescoço (costume adquirido usando o meu Sony MDR-EX82) adorei o material do fio, que desliza na pele sem incomodar ou arranhar.

Em comparação a outros fones que eu tenho, principalmente os da AKG e Sony, o Reference 220 é fraco nos graves, já que eu tive que mudar a equalização do iPod para eles aparecerem. Mas nos médios e agudos este fone é muito bom. Eu recomendo escutar musica instrumental com ele, como musica clássica ou violão.

Por fim, eu deixo a minha recomendação positiva. O JBL Reference 220 não entra na categoria dos fones intra auriculares de alto desempenho, como o Sony Mdr-ex700sl ou o Sennheiser CX500, mas ele não faz feio comparado aos outros fones de sua categoria. É um fone entre o usuario comum e o audiofilo.

Veja aqui a galeria com todas as fotos :

Este slideshow necessita de JavaScript.

Eu comprei no Mercado Livre, no vendedor MAK DJ AUDIO. Recomendo que comprem nele, que é um ótimo vendedor e tem fones de ouvido para todos os gostos e bolsos.

Vida Longa e próspera!

#Reading Now – Ferramentas Digitais Para Jornalistas.

13 de abril de 2010

Olá leitores, essa dica vai interessar a todos os que gostam de escrever, de blogueiros a jornalistas e twitteiros.

Passar informação de maneira compreensivel e que entusiasme um leitor não é uma tarefa nada facil, principalmente hoje, com a competição ferrenha entre blogueiros e jornalistas em busca de leitores para cada lado. Ter leitores interessados e assiduos é uma tarefa que exige bastante estudo e observação por parte de quem escreve. O livro que eu estou lendo agora, que se chama Ferramentas Digitais Para Jornalistas,  da escritora Sandra Crucianelli é ótimo guia para nortear os jornalistas escritores no desafio de usar de maneira efetiva todas as ferramentas online que fazem sucesso e ganham cada vez mais usuarios.

Estou no começo do livro, mas ja estou gostando muito. Ele tem a vantagem de ser escrito numa liguagem facil e clara, alem de estar atualizado com todas ferramentas onlines mais recentes. É uma leitura altamente indicada não apenas para jornalistas, como aparenta o  titulo do livro, mas para qualquer um que produza conteudo escrito na internet. O livro está disponível em português e espanhol para download gratuito no site Knight Center.

Para quem quer saber mais sobre a autora, vale a pena dar uma olhadas nos links abaixo :

Site: www.sololocal.info
Facebook: http://es-la.facebook.com/sandracrucianelli
Twitter: twitter.com/sololocal
Linkedin: http://www.linkedin.com/in/sandracrucianelli
www.visualcv.com/sandracrucianelli/ (en español)
www.visualcv.com/crucianelliconsultant/ (English)

Achei esta dica no Digital Markketing, um blog sensacional sobre .. bem, o nome ja explica tudo.

Vida longa e próspera!.

Sai hoje a Adobe Creative Suite 5

12 de abril de 2010

Olá leitores, se você for observador e tiver um pouco de conhecimento de informatica, vai sacar que o visual deste blog foi construido no Photoshop, o programa mais famoso da Adobe. Bem, eu não seria nada sem este programinha que me acompanha desde os 9 anos de idade, quando eu comecei a usa-lo para fazer as minhas montagens toscas e colorir os meus desenhos. Não entendia muita coisa, mas graças a um punhado de revistas de tutoriais, eu, sem entender um pingo de inglês, aprendi as funções básicas do programa e hoje, quase dez anos depois, eu consegui quase tudo o que eu tenho trabalhando com ele (dentre outras ferramentas graficas).

A tela de inicio do meu primeiro Photoshop, a versão 5.5

Mas por quê estou contando tudo isto ? Simples, por que o Photoshop mudou a minha vida e a vida de milhares de designers, fotografos e artistas ao longo de sua historia. Sua existencia possibilitou a criação de obras de arte de maneira rapida e descomplicada para a maioria de seus usuarios. Isso dentre outras coisas que o Photoshop transformou em sua existencia, que se eu fosse falar sobre cada uma, este post seria maior que o senhor dos anéis. Nem vou falar das outras ferramentas da Adobe também, acho que só falar sobre o Photoshop ja deu a dimensão do que eu queria passar a vocês.

Hoje, dia 12 de Abril de 2010, sai a Adobe Creative Suite 5 (ou Adobe CS5), que é um pacote de programas direcionados a um infinidade de profissionais como fotografos, designers graficos, de produto, webdesigners, webdevelopers e muitos outros. Sempre que a adobe lança uma geração nova de produtos, todos tremem as pernas de curiosidade para testar a nova killer feature dos novos programas. Eu mesmo, fiquei euforico quando saiu a suite CS4. Neste momento, faltam pouco mais de 59 minutos para o lançamento mundial da nova suite CS5. E eu estou tremendo em frente ao notebook, doidinho pra testar os novos programas.

(olhem só as novas embalagens dos pacotes da Creative Suite 5)

Para quem fala inglês, vale a pena visitar o blog não oficial da suite CS5 e o site oficial da Adobe, que tem muitas coisas pra quem quer matar a curiosidade.

Para os que estão com agua na boca, uma palhinha do Photoshop CS5:

Vida Longa e próspera!

PS : Quer rir um pouco ? dá uma lida neste artigo sobre Photoshop, lá da Desciclopedia.

A Importancia de Blogar

12 de abril de 2010

Olá leitores, ja fazem algumas estações que eu não escrevo nada por aqui. Eu sei que eu tinha prometido escrever posts regulares, mas infelismente (?) não foi possivel. Não foi algo sério que me inpediu de escrever, embora eu tenha passado boar varias good and bad trips, durante o meu trajeto eu tive oportunidades de continuar blogando. Mas, sinceramente, deu no saco. Foi basicamente isso, cansei de blogar, distribuir conteudo gratuitamente, muitas vezes sem um minimo comentario de incentivo. Esse foi o meu sentimento nos ultimos meses.

Ultimamente, eu tenho trabalhado em casa, fazendo anuncios pra alguns vendedores do mercado livre, tocando o meu projeto de loja online com o meu sócio, lutando karate 3 vezes por semana e estudando para o vestibular pelas manhãs. Nesta minha rotina, que se resume, com a excessão do karate, ficar em casa sentado, eu estou vendo praticamente só a minha familia. Nisso, bateu a solidão.

Com a solidão, veio o sentimento deprê (não confundam com emo) e assim, o desanimo de fazer as coisas. Foi então que eu percebi, que com a ausencia de pessoas ao meu redor, o meu senso de responsabilidade estava definhando. Estava tão desanimado, que até coisas que me divertiam, como assistir as minhas séries ou bolar anuncios novos para os meus clientes estavam se tornando chatas. Isso era a falta de sentido, de compromisso. Hoje pela manhã, ao acordar, lembrei deste singelo blog. E falei a mim mesmo que, para voltar a me divertir como antigamente, eu precisava de :

1) Voltar a interagir com gente.

2) Voltar a escrever.

Na ausencia destas duas coisas, eu fui ficando mais calado, como uma panela de pressão. Então, vou abrir a caixa de pandora e soltar as minhas ideias no mundo novamente.

Não vou prometer posts com uma periodicidade fixa, nem tão pouco séries extensas de matérias. Vou postar quando tiver vontade, o que pode acontecer varias vezes ao dia ou uma vez por semana. Blogar me faz bem, e eu só fui perceber isto agora.

Vida Longa e próspera!

Download : Wood Images Pack #1

20 de dezembro de 2009

Olá leitores nerds, segundo as estatísticas do wordpress, a maioria dos leitores deste blog gostam de design, principalmente de Photoshop, já que os posts sobre PS são os mais acessados.

Pensando em vocês, eu resolvi criar um pacote de imagens em alta resolução de Madeira. Eu fotografei madeiras de vários tipos diferentes, desde cadeiras velhas até madeira pintada com tinta acrílica. Vocês gostarão deste pack, ele contem 16 imagens em alta resolução (3072×2304px) e é só o primeiro de uma serie que está por vir. Bem aproveitem e façam bom uso!

Vida Longa e próspera.

Tema para Windows XP : Windows Seven Transformation pack

7 de dezembro de 2009

Olá leitores, eu tenho certeza que boa parte de vocês ficaram curiosos para testar o windows 7, eu também fiquei, mas a grana tá curta e o RC do sistema já está fora do ar. Para quem não tem dinheiro para comprar um original e não quer se arriscar em um Windows pirata, eu recomendo o Windows 7 Transformation pack.

Está aqui uma breve descrição dos features do programa.

  • ViStart: programa que altera as telas de inicialização, finalização, logon e demais do sistema operacional.
  • ViGlance: altera a Barra de Inicialização do seu desktop por uma similar a utilizada pelo Windows Seven com recursos modernos.
  • ViSplore: adiciona o recurso de transparência e mapeamento de diretório às janelas do explorador de pastas, recurso do Vista.
  • Pacote de ícones: todos os principais ícones do seu computador serão alterados pelos que o Vista utiliza, o tamanho deles também se adéqua ao novo padrão.
  • Tema: um tema que imita detalhadamente o acabamento das janelas do Windows Seven.
  • Papel de parede: o tema deverá aplicar automaticamente o mesmo fundo do Seven, mas caso isto não ocorra, dirija-se às propriedades de vídeo e faça-o manualmente.
  • Cursor de mouse: o cursor do seu mouse será substituído pelo mesmo utilizado no Vista, inclusive quando ele carrega e em qualquer outra situação.
  • Pacote de sons: todos os sons do Vista são importados.
  • WinFlip: aplica a mudança de janela 3D

Fonte : Mineira sem freio

Gabarito do ENEM 2009 (ATUALIZADO)

6 de dezembro de 2009

Olá leitores, dicidi dar uma passadinha rapida aqui só pra montar o post, segundo o site oficial do ENEM, o gabarito sai as 20h, até lá é só esperar. Assim que sair eu posto aqui. Fiquem grudados no F5

E para quem não quer esperar até as 20h, fiquem ligados no portal de vestibular do Terra, que corrigiu as questões da prova de ontem. Pela correção que eles fizeram, dá pra ter uma idéia de quanto você tirou. A Globo fez a mesma coisa, confiram aí.

Correção da Prova pelo G1

Portal do ENEM do Terra.

Gabarito Oficial do ENEM 2009

Para concluir este post eu tenho a dizer que este ENEM foi a prova mais cansativa que eu ja fiz na minha vida. Enunciados exageradamente prolongados, numero gigantesco de questões e o tipo delas (faceis, porem muito demoradas de ler e resolver) tornaram este ENEM uma experiencia nada prazerosa.

Só isto a dizer, tenho certeza que os meus concorrentes acharam o mesmo.

Vida Longa e Próspera!

Vamos falar de Sexo …

11 de novembro de 2009

vitrineavidasecreta

Olá leitores, o post de hoje é uma dica sobre um site simplesmente sen-sa-ci-o-nal!. É um site que escreve, dia a dia, sobre “A Biografia não autorizada de todos nós”. Eu estou falando do A Vida Secreta!.

O Site é uma Webzine sobre comportamento e sexualidade e traz a todos os seus leitores informação clara e descomplicada sobre notícias, dicas e todas as formas de expressão da sexualidade. É um gigantes guia que responde as perguntas mais intimas que você não faria a mais ninguem, totalmente sem tabus. Do jeito que deve ser.

Este maravilhoso, e libertario, site é comandado pela editora B. e pelo webmaster Admin. Secreto, alem da colaboração de diversos autores como o Daniel Henrique, que fala sobre cultura GBLT e Julia Reyes, que fala sobre sexualidade feminina.

É um site sem tabus e sem medo de conversar com o leitor sobre qualquer assunto, já tirei muitas duvidas sexuais minhas o A Vida Secreta e tenho certeza que vocês também vão. Totalmente Recomendado.

 



%d blogueiros gostam disto: